Nova Veneza ganha hotel padrão internacional e reforça turismo

Próximo a inúmeras atrações turísticas, o Hotel Dolomiti Caravaggio surge com a proposta de estabelecer uma nova ponte entre Brasil e Itália

O hotel fica a apenas 50 metros do Santuário Nossa Senhora do Caravaggio, próximo a restaurantes, trilhas ecológicas, vinícolas e outras atrações turísticas

O hotel fica a apenas 50 metros do Santuário Nossa Senhora do Caravaggio, próximo a restaurantes, trilhas ecológicas, vinícolas e outras atrações turísticas

No próximo dia 3 de julho será apresentado oficialmente à imprensa o mais novo hotel de Nova Veneza, cidade do sul do estado caracterizada pela gastronomia típica e pelas tradições da cultura italiana. O Hotel Dolomiti Caravaggio surge com a proposta de estabelecer uma nova ponte entre Brasil e Itália, oferecendo opção de hospedagem com padrão internacional. O novo empreendimento abre suas portas já no dia seguinte, com a oferta de 15 apartamentos e 48 vagas.

O nome Dolomiti Caravaggio é uma homenagem à dois locais de grande beleza e significado para a cultura italo-brasileira. Refere-se à cadeia de montanhas situada nos Alpes orientais italianos e ao distrito localizado no município catarinense de Nova Veneza.

A ideia surgiu em muitas viagens à área dolomítica, que s estende entre as províncias de Belluno, Bolzano, Trento, Údine e Pordenone. Foi de lá que partiram, na segunda metade do século XIX, muitos dos imigrantes italianos que desenvolveram a região onde está localizado hoje o distrito de Caravaggio. 

"Dolomiti Caravaggio surge com uma proposta ousada: transformar o próprio local, inserindo-o na perspectiva global da modernidade, para construir e solidificar pontes de amizade e cooperação entre o Brasil e a Italia", explica um dos sócios do empreendimento, o empresário neoveneziano Edesio Spilere.

O hotel fica a apenas 50 metros do Santuário Nossa Senhora do Caravaggio, próximo a restaurantes, trilhas ecológicas, vinícolas e outras atrações turísticas